contatoe-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Fone/Fax: (82) 3324-7889

site: www.amgr.org.br

                  

Regimento Eleitoral 2015-2017

Postado em Informativos

REGIMENTO ELEITORAL DE REGULAMENTAÇÃO DA ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO RESIDENCIAL GRACILIANO RAMOS - AMGR

 

CAPÍTULO I

DO PROCESSO ELEITORAL:

Art. 1º -

A eleição para renovação da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal da Associação de Moradores do Residencial Graciliano Ramos – AMGR, realiza-se-á no dia 14/12/2014, em atendimento ao Edital de Convocação publicado em 01/11/2014 e de conforme o disposto neste Regimento Eleitoral que regulamentará a eleição da referida Associação.

Parágrafo único – A eleição ocorrerá na Escola Estadual Geraldo Melo dos Santos, localizada na Qd. G 01, Lt. J 06, s/n, Conjunto Graciliano Ramos, Tabuleiro do Martins, no horário das 08:00 as 17:00 horas, do dia 14 de dezembro de 2014.

Art. 2º - Será garantida por todos os meios democráticos a lisura do pleito eleitoral para a realização da eleição da Nova Diretoria Executiva da AMGR, garantindo-se condições de igualdade às chapas concorrentes, especialmente no que se refere ao processo eleitoral com fiscais, tanto na coleta como na apuração dos votos.

Parágrafo único – Este Regimento Eleitoral vale somente para regulamentar a eleição da Nova Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal da AMGR, que ocorrerá em 14 de dezembro de 2014.

SEÇÃO I

DA CONVOCAÇÃO DA ELEIÇÃO:

Art. 3º - A eleição será convocada pela Comissão Eleitoral de eleição da Nova Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal da AMGR, através de Edital de Convocação de Assembléia Geral Eleitoral, onde se mensionará obrigatoriamente o seguinte:

  1. – data, hora e local de votação;
  2. – prazo para registro de chapas e horários de funcionamento da secretaria da FAMECAL onde às chapas serão inscritas;
  3. – prazo para impugnação de candidaturas e/ou de chapas;
  4. – estiver enquadrado nos impedimentos do estatuto vigente da AMGR, bem como, deste Regimento Eleitoral;
  5. – não estiver em dias com suas obrigações sociais.
  6. – ficha de qualificação dos candidatos devidamente preenchida conforme modelo fornecido pela Comissão Eleitoral;
  7. – Cópia do RG, CPF, uma FOTO 3X4 e comprovante de residência referente aos meses de agosto, setembro e outubro de 2014;
  8. –declaração de regularidade com as obrigações sociais perante AMGR na qualidade de associado.
  9. – Documentação do imóvel, contrato de locação, recibo de compra e venda em seu nome;
  10. – documento de identificação com foto.
  11. – organizar a documentação eleitoral;
  12. – presidir e coordenar a mesa coletora e apuradora de votos;
  13. – fazer as comunicações e publicações devidas;
  14. – decidir sobre impugnações de candidaturas e/ou de votos;
  15. - decidir sobre quaisquer outras questões referentes ao processo eleitoral de votação e apuração de votos, ouvindo os fiscais das chapas da referida eleição;
  16. – coletar e apurar os votos da eleição, juntamnete com os fiscais das chapas da referida eleição.
  17. – o uso de cédula única, contendo somente o número das chapas registradas;
  18. – isolamento do eleitor em cabine indevassável para o ato de votar;
  19. – verificação da autenticidade da cédula única à vista das rubricas dos membros da mesa coletora;
  20. – emprego de urna que assegure inviolabilidade do voto.
  21. – o Presidente da Comissão Eleitoral, entregará ao eleitor envelope apropriado, para que ele na presença da mesa, nele coloque a cédula que assinalou;
  22. – o Presidente da Comissão Eleitoral, colocará o envelope dentro de outro maior e anotará no verso deste o nome do eleitor e o motiovo do voto em separado, depositando-o na urna;
  23. – os envelopes serão padronizados de modo a resguardar o sigilo do voto;
  24. – o Presidente da Comissão Eleitoral, ouvido os fiscais das chapas, decidirá se apura o voto colhido separadamente, adotando procedimento que garantam o sigilo do voto.

 

Parágrafo 1º - Cópias do Edital de Convocação de Eleição devem ser afixadas na sede da FAMECAL e da AMGR, em local visível de grande circulação, bem como fazer divulgação nos meios de comunicação local, de modo a garantir a mais ampla divulgação da referida eleição.

Parágrafo 2º - No caso de, por algum motivo, não haver eleição no local, hora e data estabelecido neste Regimento Eleitoral, novas eleições serão convocadas e realizadas num prazo máximo de 30 (trinta) dias.

 

SEÇÃO II

DOS CANDIDATOS:

 

Art. 4º - As candidaturas serão registradas através das chapas completas que conterão os nomes de todos os componentes titulares e suplentes.

 

Art. 5º - Não poderá se candidatar o associado que:

 

SEÇÃO III

 

DAS INSCRIÇÕES E REGISTROS DAS CHAPAS:

 

Art. 6º – A inscrição das chapas far-se-a junto a Comissão Eleitoral.

Parágrafo único – O registro da chapa somente será confirmado após averiguação da documentação de cada um dos componentes da referida chapa, bem como, averiguação dos critérios de atendemento ao regimento interno e ao estatuto vigente da AMGR.

Art. 7º - O requerimento de inscrição de chapa será dirigido ao Presidente da Comissão Eleitoral por escrito, assinado por qualquer dos candidatos que a integre e acompanhado dos seguintes documentos:

Art. 8º - Será recusada a inscrição da chapa incompleta, isto é, que não apresenta os componentes da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal com os titulares e suplentes.

SEÇÃO IV

 

DAS IMPUGNAÇÕES DE CANDIDATURAS, CHAPAS E/OU DO VOTO:

Art. 9º - As impugnações de nomes (candidaturas) e/ou de chapas, somente poderão ocorrer nas datas estabelecidas no Edital de Convocação de Eleição e, sobre o voto do eleitor, somente poderão ocorrer no ato da votação, pelo os Fiscais das chapas da referida eleição.

SEÇÃO V

DO ELEITOR:

Art. 10 – É eleitor todo associado que no dia da eleição estiver devidamente regularizado junto AMGR, de acordo com o Edital de Convocação de Eleição, Regimento Interno e Estatuto vigente da referida Associação.

 

Art. 11 – São documentos válidos para identificação do eleitor:

 

Parágrafo único – O eleitor somente terá acesso ao local de votação após ter sua identificação conferida, bem como comprovado que está regularizado e apto para votar.

SEÇÃO VI

 

DA COMPOSIÇÃO E FORMAÇÃO DA COMISSÃO ELEITORAL:

 

Art. 12 – A Comissão Eleitoral será composta pelo atual Presidente da FAMECAL mais 02 (dois) moradores associados da AMGR, que terão a incubência de presidir e coordenar a referida eleição, conforme decisão da Assembléia Geral Ordinária da AMGR realizada em 10/05/2014.

Parágrafo 1º - Cada chapa inscrita e registrada indicará até 02 (dois) representantes com grau de parentesco ou não para fiscalizar o Processo Eleitoral de votação e apuração.

Parágrafo 2º - As decisões da Comissão Eleitoral serão tomadas por maioria simples dos votos dos componentes.

Parágrafo 3º - O mandato da Comissão Eleitoral extinguir-se-a com a posse da Nova Diretoria Executiva eleita.

 

Parágrafo 4º - Não poderão fazer parte da Comissão Eleitoral, funcionários e/ou colaboradores da AMGR, componentes das chapas registradas e/ou pessoas indicadas pelas mesmas.

 

Art. 13 – A Comissão Eleitoral garantirá que todas as chapas concorrentes tenham as mesmas condições e oportunidades durante a realização do pleito eleitoral.

Art. 14 – A Comissão Eleitoral Compete:

 

Art. 15 – O sigilo do voto será assegurado mediante as seguintes providências:

 

Art. 16 – As cédulas únicas, contendo somente o número das chapas registradas, serão confeccionadas em papel branco, opaco e pouco absorvente, com tinta preta e tipos uniformes.

Parágrafo 1º - A cédula única deverá ser confeccionada de maneira tal que, dobrada, resguarde o sigilo do voto sem que seja necessário o emprego de cola para fechá-la.

 

Parágrafo 2º - As chapas inscritas deverão ser numeradas seguidamente, a partir de 0l (um), obedecendo à ordem de inscrição.

Parágrafo 3º - As cédulas únicas conterão somente cabeçalho com os nomes dos candidaatos titulares, números das chapas, assinaturas do Presidente da Comissão Eleitoral, bem como, do primeiro e do segundo mesário/secretário.

SEÇÃO VII

 

DA COLETA E APURAÇÃO DE VOTOS:

Art. 17 – A mesa coletora e apuradora de votos será constituída pela própria Comissão Eleitoral, auxiliada pelos fiscais das chapas concorrentes ao pleito eleitoral.

Art. 18 – Os candidatos não podem ser membros da mesa apuradora de votos nem ficar no recinto da apuração de votos.

Art. 19 – O primeiro e segundo secretários, sempre que necessário substituirão o Presidente da mesa coletora e apuradora, de modo que haja sempre quem responda pessoalmente pela ordem e a regularidade do processo eleitoral.

 

Parágrafo Único - Poderá a Comissão Eleitoral ou membro da Comissão que assumir a Presidência, nomear ou concordar dentre as pessoas presentes, observados os impedimentos neste Regimento, os membros que forem necessários para completar a composição da Comissão Eleitoral, que irá conduzir o processo eleitoral de coleta e apuração de votos.

SEÇÃO VIII

DA VOTAÇÃO:

Art. 20 – No local designado, 30 (trinta) minutos antes da hora do início da votação, os membros da Comissão Eleitoral, verificarão se está em ordem o material eleitoral e a urna destinada a recolher os votos, devendo o Presidente suprir eventuais deficiências.

Art. 21 – Os trabalhos eleitorais de coleta de votos terão duração mínima de 09 (nove) horas, observados sempre os horários de início e encerramentos previstos no referido Regimento.

Parágrafo Único - Ao término dos trabalhos do dia, o Presidente da Comissão Eleitoral, faz lavrar a ata de votação e apuração com mensão expressa do número de votos depositados.

Art. 22 – Só podem permanecer no recinto da coleta e apuração dos votos, a Comissão Eleitoral, os fiscais designados, membros observadores da FAMECAL, advogados procuradores das chapas concorrentes e, durante o tempo necessário a votação, o eleitor.

Parágrafo Único – Nenhuma pessoa estranha à Comissão Eleitoral poderá interferir no funcionamento dos trabalhos de votação, salvos os fiscais, membros observadores da FAMECAL e Advogados Procuradores das Chapas.

Art. 23 – Iniciada a votação, cada eleitor, pela ordem de apresentação à mesa, depois de identificado, assinará a folha de votantes e na cabine indevassaável, após assinalar no retângulo próprio, a chapa de sua preferência, a dobrará, depositando-a, em seguida, na urna colocada na mesa coletora.

 

Parágrafo 1º - Antes de depositar a cédula na urna, o eleitor deve exibir a parte rubricada à mesa e aos fiscais, para que verifiquem, sem a tocar, se é a mesma que lhe foi entregue.

Parágrafo 2º - Se a cédula não for à mesma, o eleitor será convidado a voltar à cabine indevassável e a trazer seu voto na cédula que recebeu, se o eleitor não proceder conforme determinado, não poderá votar, anotando-se a ocorrência na ata.

 

Art. 24 – Os eleitores cujos votos foram impugnados votam em separados e serão depositados em urna específica.

Parágrafo Único – O voto em separado deve ser tomado da seguinte forma:

Art. 25 – Na hora determinada no Edital para encerramento da votação, havendo no recinto eleitores a votar, serão convidados em voz alta a fazerem entrega ao Presidente da Comissão Eleitoral, o documento de identificação ou será entregue senhas numeradas, e assim, prosseguindo os trabalhos até que vote o último eleitor.

Parágrafo 1º - caso não haja mais eleitores apto a votar, serão imediatamente encerrados os trabalhos.

 

Parágrafo 2º - em seguida, o Presidente da mesa fará lavrar ata que será também assinada pelos 1º e 2º mesários, bem como, pelos fiscais das chapas, registrando a data do início ou do encerramento dos trabalhos, total de Associados votantes, o número de votos em separados se houver, bem como, resumidamente, os protestos apresentados pelos eleitores candidatos ou fiscais de chapas. A seguir, o Presidente da Comissão Eleitoral, fará a apuração da votação.

SEÇÃO IX

DA MESA APURADORA:

 

Art. 26 – A mesa apuradora é constituída dos membros da Comissão Eleitoral, porém fiscalizada pelos fiscais das chapas concorrentes ao pleito eleitoral.

Parágrafo Único – Os votos em separados, desde que decidida sua apuração, serão computados para efeito de quorum.

 

Art. 27 – Contadas as cédulas da urna, o presidente verificará se seu número coincide com o da lista de votantes.

Parágrafo 1º - Se o número de cédula for igual ou inferior a dos votantes que assinaram a respectiva lista, far-se-á apuração.

Parágrafo 2º - Se o total de cédula for superior a lista de votantes, procede-se a apuração, descontando-se por igual os votos atribuídos entre as chapas mais votadas.

 

Parágrafo 3º - A admissão ou rejeição dos votos colhidos em separados será decidido pela mesa coletora depois de ouvir os fiscais das chapas, garantindo o sigilo do voto.

Parágrafo 4º - Apresentando a cédula qualquer sinal, rasura ou dizer suscetível de identificar o leitor, ou tendo este assinalado duas ou mais chapas, o voto será anulado.

SEÇÃO X

 

DA NULIDADE DO VOTO:

 

Art. 28 – A anulação do voto não implicará na anulação da urna em que a ocorrência se verificará.

 

SEÇÃO XI

 

DO RESULTADO:

Art. 29 – Finda a apuração, o Presidente da mesa apuradora proclamará eleita à chapa que obtiver maioria absoluta dos votos válidos, lavrando a ata dos trabalhos eleitorais.

Art. 30 – Em caso de empate entre duas chapas mais votadas, será considerada vencedora, aquela onde o candidato titular a presidente for mais idoso.

SEÇÃO XII

 

DA SUSPENSÃO DA ELEIÇÃO:

 

Art. 31 – Somente será suspensa a eleição da Nova Diretoria e do Conselho Fiscal da AMGR com ordem judicial e/ou se antes do início dos trabalhos de votação, a maioria dos candidatos concorrentes solicitar a Comissão Eleitoral por escrito à suspensão da referidda eleição, onde na presença de 03 (três) testemunhas terão que justificar as razões pelas quais estão solicitando tal suspensão.

SEÇÃO XIII

DOS RECURSOS:

Art. 32- Os recursos devem ser dirigido ao Presidente da Comissão Eleitoral.

Parágrafo Único – No dia da eleição não poderá haver recurso sobre inelegibilidade de candidatos e/ou de candidaturas.

SEÇÃO XIV

 

DISPOSIÇÕES ELEITORAIS GERAIS:

 

Art. 33 – A Comissão Eleitoral incumbe organizar o processo eleitoral, colocando as peças essenciais em pastas apropriadas, numerando e rubricando as folhas.

 

Art. 34 – Ao assumir o cargo, o Novo Presidente da Diretoria Executiva da AMGR, prestará solenemente, o compromisso de respeitar o exercício do mandato, o Estatuto vigente da Associação, as decisões de Assembléias Gerais e as Leis e normas virgentes do País.

CAPÍTULO II

 

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS:

Art. 35 – Serão nulos de pleno direito os atos praticados com o objetivo de desvirtuar, impedir ou fraudar a aplicação dos preceitos contidos neste Regimento Eleitoral.

Parágrafo Único – Não será permitida boca de urna até 50 (cinquenta) metros do local de votação.

 

Art. 36 – Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Eleitoral e caso seja necessário se fazer esclarecimentos, em determinados assuntos, poderá se ouvir os candidatos titulares das chapas da AMGR.

Art. 37 – O presente Regimento Eleitoral foi aprovado em Reunião Extraordinária da Comissão Eleitoral de eleição da AMGR, realizada no dia 01 de novembro de 2014.

                                                            

 

Conjunto Graciliano Ramos, Tabuleiro, Maceió (AL), 01 de novembro de 2014.

 

 

A Comissão Eleitoral de eleição da Nova Diretoria Executiva da AMGR.

Petrucio dos Santos/FAMECAL (Presidente da Comissão Eleitoral)

 

 

Edson de Souza da Silva/Associado da AMGR (1º Secretário da Comissão Eleitoral)

Eduardo Henrique dos Santos/Associado da AMGR (2º Secretário da Comissão Eleitoral)

 

 

 

Com cópia a

Drª. Failde Soares Ferreira de Mendonça

M.D. Promotora da Promotoria de Justiça Coletiva Especializada em

         Fundações do Ministério Público do Estado de Alagoas.

Eleições Triênio 2015-2017

Postado em Informativos

AGENDA E CALENDÁRIO PRELIMINAR DOS ACONTECIMENTOS, BEM COMO, DAS AÇÕES E ATIVIDADES DA COMISSÃO ELEITORAL DE ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL DA AMGR, GESTÃO: 2015 A 2017.

  • PRAZO E HORÁRIO DE INSCRIÇÃO DE CHAPA = De 03 a 14 de novembro de 2014, na sede da FAMECAL, Rua: Emanoel Pedro de Farias Costa, (Antiga Rua: Gazeta de Alagoas), nº 40, Centro, fica nos fundos da SEFAZ, (ao lado da Praça dos Martírios), nos dias de 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª feira, no horário das 14:00 as 17:00 horas;
  • PRAZO E HORÁRIO DE IMPUGNAÇÃO DE CANDIDATURA E/OU DE CHAPA: Do dia 19 até às 17:00 horas do dia 20 de novembro de 2014, na sede da FAMECAL;
  • PRAZO E HORÁRIO DOS RECURSOS REFERENTE ÀS IMPUGNAÇÕES: Será das 08:00 às 17:00 horas, do dia 25 de novembro de 2014, na sede da FAMECAL.

 

DIA/MÊS/HORA

 

ACONTECIMENTO

ATIVIDADE

 

LOCAL

 

PESSOA RESPONSÁVEL

 

 

CONTATOS

SÁBADO

Dia 01 de novembro

HORA

Das

10:00 as 12:00 horas

Reunião da Comissão Eleitoral com Diretores da atual Diretoria da AMGR

Sede da AMGR

A FAMECAL e Comissão Eleitoral da AMGR

Petrucio dos Santos (PEU)

8810-1729

Edson = 9996-9295

Eduardo= 8809-5768

SÁBADO

Dia 08 de novembro

HORA

Das

10:00 as 11:00 horas

Reunião de TRABALHO da Comissão Eleitoral da AMGR

Sede da FAMECAL

A FAMECAL e Comissão Eleitoral da AMGR

Petrucio dos Santos (PEU)

8810-1729

Edson = 9996-9295

Eduardo= 8809-5768

2ª FEIRA

Dia 17 de novembro

HORA

Das

10:00 as 11:00 horas

Reunião de TRABALHO da Comissão Eleitoral da AMGR

Sede da FAMECAL

A FAMECAL e Comissão Eleitoral da AMGR

Petrucio dos Santos (PEU)

8810-1729

Edson = 9996-9295

Eduardo= 8809-5768

SÁBADO

Dia 22 de novembro

HORA

Das

10:00 as 12:00 horas

Reunião da Comissão Eleitoral com os titulares das chapas inscritas

Sede da AMGR

A FAMECAL e Comissão Eleitoral da AMGR

Petrucio dos Santos (PEU)

8810-1729

Edson = 9996-9295

Eduardo= 8809-5768

4ª FEIRA

Dia 26 de novembro

HORA

Das

10:00 as 11:00 horas

Reunião de TRABALHO da Comissão Eleitoral da AMGR

Sede da FAMECAL

A FAMECAL e Comissão Eleitoral da AMGR

Petrucio dos Santos (PEU)

8810-1729

Edson = 9996-9295

Eduardo= 8809-5768

SÁBADO

Dia 29 de novembro

HORA

Das

10:00 as 12:00 horas

Reunião da Comissão Eleitoral com Diretores da atual Diretoria da AMGR

Sede da AMGR

A FAMECAL e Comissão Eleitoral da AMGR

Petrucio dos Santos (PEU)

8810-1729

Edson = 9996-9295

Eduardo= 8809-5768

 

DIA/MÊS/HORA

 

ACONTECIMENTO

ATIVIDADE

 

 

LOCAL

 

PESSOA RESPONSÁVEL

 

 

CONTATOS

SÁBADO

Dia 06 de DEZEMBRO

HORA

Das

10:00 as 11:00 horas

Reunião de TRABALHO da Comissão Eleitoral da AMGR

Sede da FAMECAL

A FAMECAL e Comissão Eleitoral da AMGR

Petrucio dos Santos (PEU)

8810-1729

Edson = 9996-9295

Eduardo= 8809-5768

SÁBADO

Dia 13 de DEZEMBRO

HORA

Das

10:00 as 12:00 horas

Reunião da Comissão Eleitoral com Diretores da atual Diretoria da AMGR

Sede da AMGR

A FAMECAL e Comissão Eleitoral da AMGR

Petrucio dos Santos (PEU)

8810-1729

Edson = 9996-9295

Eduardo= 8809-5768

DOMINGO

Dia 14 de DEZEMBRO

HORA

Das

08:00 as 17:00 horas

ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL DA AMGR

Escola Estadual Geraldo Melo dos Santos, Qd. G01, Lote J06, s/n, Conjunto Residencial Graciliano Ramos.

A FAMECAL e Comissão Eleitoral da AMGR

Petrucio dos Santos (PEU)

8810-1729

Edson = 9996-9295

Eduardo= 8809-5768

 

 

 

Conjunto Residencial Graciliano Ramos, Maceió (AL), 01 de novembro de 2014.

A Comissão Eleitoral de eleição da Nova Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal da AMGR.

Petrucio dos Santos/FAMECAL (Presidente da Comissão Eleitoral)

 

Edson de Souza da Silva/Associado da AMGR (1º Secretário da Comissão Eleitoral)

Eduardo Henrique dos Santos/Associado da AMGR (2º Secretário da Comissão Eleitoral)

 

Clipping / Blog / Cultura

Atualmente, a energia elétrica é fundamental para o bem estar das pessoas e o progresso dos países. Mas é preciso uma gestão eficiente para evitar impactos econômicos, sociais e ambientais negativos à sustentabilidade.\r\n\r\nConforme a ANEEL (Agencia Nacional de Energia Elétrica), atualmente, no Brasil há investimento em energias Eólica(vento), Fotovoltaica (painéis solares), Hidrelétrica (água), Maré (alteração nível das águas), Termelétrica (semelhante à hidrelétrica só ...
Ouro Preto – MG – O cineasta Nelson Pereira dos Santos falou sobre Vidas Secas, o filme que revolucionou o cinema brasileiro e que completa 50 anos de lançamento este ano. Em entrevista exclusiva durante a 8ª Mostra de Cinema de Ouro Preto, ele contou detalhes do filme e anunciou que estará em Palmeiras dos Índios para participar das homenagens pelos 60 anos da morte do escritor Graciliano Ramos\r\nNelson Pereira dos Santos estreou Vidas Secas, em 1963, dez anos após a morte do mestre G...
\r\nOs pacientes assistidos pelo Programa de Diabetes no Posto de Saúde do Graciliano Ramos, integrante da Rede Municipal, tiveram uma programação diferenciada nessa segunda-feira (11). No posto, eles foram recebidos com suco de frutas, salada e outras iguarias favoráveis à saúde, tiveram orientação da equipe multidisciplinar em relação à atividade física, alimentação saudável e bons hábitos.\r\nO diretor da Unidade, Robson Siqueira, advertiu que muitas pessoas têm a patologia e...
A falta de água em municípios alagoanos tem se tornado uma constante. Nas últimas semanas, muito se falou sobre essa questão e sobre as possíveis estratégias para se evitar o racionamento de água em alguns bairros da cidade de Maceió e, nesse contexto, a revolta da população afetada pela constante falta de água nos bairros da periferia.\r\n\r\nIsso nos remete ao resultado de um estudo realizado pela UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura...
\r\nCaracterizado pela qualidade na formação de seus atletas desde a infância, a Associação Desportiva Villarreal, está com inscrições abertas para a Escolinha de Futebol. As aulas serão realizadas nos períodos da manhã, tarde e noite, no campo da Associação dos Moradores do Graciliano Ramos (AMGR), por trás da sede da entidade. As vagas são para o futebol masculino, para atletas de 05 a 15 anos e futebol feminino com idade entre 12 a 18 anos.\r\nA escolinha é coordenada por Feli...
\r\nGRACILIANO RAMOS. Unidade escolar é depredada por vândalos\r\nO prédio abandonado do Colégio São Gabriel, no Conjunto Graciliano Ramos, Tabuleiro do Martins, se transformou numa “base” de consumo e tráfico de drogas. Localizada ao lado de um campo de futebol, a unidade, que não funciona há quase cinco anos, está quase totalmente depredada.\r\n“É um transtorno, porque o que deveria ser usado pela comunidade está servindo para colocar os moradores em risco. Seja pelo dia ou à...
Água é fonte da vida. Não importa quem somos, o que fazemos, onde vivemos, nós dependemos dela para viver. No entanto, por maior que seja a importância da água, as pessoas continuam poluindo os rios e suas nascentes, esquecendo o quanto ela é essencial para nossas vidas.A água é, provavelmente o único recurso natural que tem a ver com todos os aspectos da civilização humana, desde o desenvolvimento agrícola e industrial aos valores culturais e religiosos arraigados na sociedade.\r\n...
\r\nA estudante de Educação Física e moradora do conjunto Graciliano Ramos, Beatriz Gusmão, representou o estado e a Universidade Federal de Alagoas (UFAL), no 61º Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) disputados este ano em Goiânia (GO). A estudante participou dos jogos na modalidade Xadrez.\r\nTrês mil atletas dos 26 estados do Brasil e do Distrito Federal estão em Goiânia, desde o último dia 24, data da cerimônia de abertura, que contou com a presença do ministro do Esporte, Al...
O prefeito Rui Palmeira vistoriou, na manhã desta segunda-feira (01), obras de drenagem e pavimentação no Conjunto Graciliano Ramos. A Avenida Fernando de Couto Malta e as Ruas 15, 16 e 49 estão sendo beneficiadas. Os recursos para a execução dos serviços é oriundo de um convênio entre a Prefeitura de Maceió e a Caixa Econômica Federal.\r\n“Essas obras vão trazer tranquilidade para quem mora na região do Graciliano Ramos, o que era uma solicitação antiga da população. Quando c...
\r\nOs Meninos do Villa foram recebidos com festa na noite de ontem (15), na sede da Associação dos Moradores do Graciliano Ramos (AMGR). Os atletas foram parabenizados pela conquista da etapa estadual da copa Coca-Cola 2013. Após serem recebidos pelo Presidente da AMGR, Walfredo Nascimento, a equipe desfilou em carro aberto pela comunidade.\r\nA copa Coca-Cola 2013 reuniu este ano cerca de 9 mil atletas, na categoria Sub-15, divididos em 496 equipes, em 18 estados do Brasil. Na etapa al...